PALESTRAS, FORMAÇÃO, ESPIRITUALIDADE...




ORAÇÃO:

Deus quer fazer um milagre
em sua vida! ( MC 2,1-12)






Alguns dias depois, Jesus entrou novamente em Cafarnaum e souberam que ele estava em casa. Reuniu-se tal multidão, que não podiam encontrar lugar nem mesmo junto à porta. E ele os instruía. Trouxeram-lhe um paralítico, carregado por quatro homens. Como não pudessem apresentar-lho por causa da multidão, descobriram o teto por cima do lugar onde Jesus se achava e, por uma abertura, desceram o leito em que jazia o paralítico. Jesus, vendo-lhes a fé, disse ao paralítico: “Filho, perdoados te são os pecados.” Ora, estavam ali sentados alguns escribas, que diziam uns aos outros: “Como pode este homem falar assim? Ele blasfema. Quem pode perdoar pecados senão Deus?” Mas Jesus, penetrando logo com seu espírito seus íntimos pensamentos, disse-lhes: “Por que pensais isto nos vossos corações?. Que é mais fácil dizer ao paralítico: Os pecados te são perdoados, ou dizer: Levanta-te, toma o teu leito e anda? Ora, para que conheçais o poder concedido ao Filho do homem sobre a terra (disse ao paralítico), eu te ordeno: levanta-te, toma o teu leito e vai para casa.” No mesmo instante, ele se levantou e, tomando o. leito, foi-se embora à vista de todos. A, multidão inteira encheu-se de profunda admiração e puseram-se a louvar a Deus, dizendo: “Nunca vimos coisa semelhante”.

Animados pelo Evangelho de hoje, queremos conhecer o poder do Filho do Homem, que não somente quer nos curar fisicamente, mas vai mais além, cura os nossos pecados, cura o nosso interior e nos trás a libertação. Isso porque quatro amigos levavam o paralítico, na verdade aquele homem no leito não poderia fazer mais nada e o evangelho diz que Jesus vendo-lhes a fé, fé de quem? Daqueles que carregavam um homem que por se só não poderia fazer mais nada. Em quantos momentos de nossas vidas estamos paralisados como este homem, nos sentimos impotentes, abatidos e prostrados, mas como dizia São Paulo: “Porém, temos este tesouro em vasos de barro, para que transpareça claramente que este poder extraordinário provém de Deus e não de nós. Em tudo somos oprimidos, mas não sucumbimos. Vivemos em completa penúria, mas não desesperamos. Somos perseguidos, mas não ficamos desamparados. Somos abatidos, mas não somos destruídos”. (II Cor 4,7-9)

O que diz a Igreja: Dom de fazer milagres no Catecismo da Igreja:

§2003 A graça é antes de tudo e principalmente o dom do Espírito que nos justifica e nos santifica. Mas a graça compreende igualmente os dons que o Espírito nos concede, para nos a associar à sua obra, para nos tornar capazes de colaborar com a salvação dos outros e com o crescimento do corpo de Cristo, a Igreja. São as graças sacramentais dons próprios dos diferentes sacramentos. São, além disso, as graças especiais, chamadas também “carismas”, segundo a palavra grega empregada por S. Paulo e que significa favor, dom gratuito, benefício. Seja qual for seu caráter, às vezes extraordinário, como o dom dos milagres ou das línguas, os carismas se ordenam à graça santificante e têm como meta o bem comum da Igreja. Acham-se a serviço da caridade, que edifica a Igreja.

O que paralisa você hoje e deixa você caído, numa cama, no pecado, no desanimo? Apresentemos a Jesus e clamemos pelo Espírito Santo o Dom de Milagres, pois “tudo é possível aquele que Crê”

Clamando o Milagre: Hoje eu estou clamando por um milagre físico na vida do meu primo Tiago, na minha família e na vida de tantas pessoas que nestes quarenta dias estamos convivendo pela força da fé e do amor, experimentando a fraligidade humana e o poder de Deus. Estamos clamando O PODER DE DEUS! Colocamos diante de Vós Senhor Jesus a nossa padiola, com tudo aquilo que nos parece impossível, que foge de nossas forças, de nosso controle, que nos desanima e nos deixa com sentimento de derrota e fracasso. Não olha os nossos pecados, mas a fé que anima a tua Igreja. Diante de Vós a nossa casa, nossa saúde, dificuldades financeiras, problemas sérios no casamento, no namoro. Em Tuas mãos Senhor, entrego meu trabalho, as pessoas que pediram as minhas orações, deprimidas e sem sentido para viver, e por essa pessoa que agora lê este blog, esta oração. Estende a Tua mão Senhor, para que se realizem curas, milagres e prodigios, em Nome de Jesus o Vosso Santo Servo.

Quem canta reza duas vezes, vamos com confiança assumir a graça e a Vontade de Deus:

“Bençãos sao derramadas a cada instante / Há sempre novo milagre para acontecerDeus quer quebrar as cadeias romper as correntes / Quer libertar e curar todo aquele que crê.

Eu tomo posse da graça de Deus / Tomo posse da cura Senhor,Tomo posse da benção de hoje. Eu tomo posse da graça de DeusTomo posse da cura Senhor / Tomo posse da benção de hoje…”

Quem crê e reza não desiste nunca e é sempre um vencedor!

Clique em  Capela Virtual e deixe o seu clamor e rezaremos juntos pelo seu milagre.

Minha benção fraterna.

Padre Luizinho,
Comunidade Canção Nova.

Nenhum comentário:

Postar um comentário